Blog

Novo limpa grades 3000 Icom Hidromecânica

Avalie este item
(0 votos)

A energia continua sendo uma das questões econômicas, ambientais e de desenvolvimento  mais críticas que o mundo enfrenta hoje.  Além do acesso a uma fonte limpa e sustentável, as PCHs, que são usinas entre 5 MW e 30 MW de potência, produzem ainda uma série de benefícios, como controle de enchentes, irrigação,  abastecimento de água e limpeza dos rios.

Em todos os dias, nas 424 Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) existentes no país, conforme dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), são recolhidas milhões de toneladas de resíduos acumulados de lixo orgânico, como galhos e troncos de árvores, plantas aquáticas,  vidros e embalagens entre outros itens.

Em muitas dessas usinas, os empreendedores são obrigados a dispender um alto custo tanto de recursos humanos como financeiros, devido à limpeza manual das grades instaladas nessas unidades para a limpeza do rio. Isso porque sempre existe a ameaça de algum resíduo existente na água afetar as pás que formam as turbinas que, por sua vez, acionam o gerador de eletricidade.

O prazo de vida  dos limpas grades existentes no mercado pode chegar até 30 anos desde que obedecidos os ciclos de manutenção. Entretanto, pesa contra esses equipamentos a defasagem tecnológica, já que hoje existem inovações que facilitam a administração das usinas.

Presente no mercado de limpa grades há 12 anos, a Icom Hidromecânica, fabricante

de produtos e de obras para centrais hidrelétricas, de Xanxerê (SC),  vem  fechando sucessivos contratos com o seu mais novo produto:  o LPG 3.000 automático.

Acionado por cabos, diferentemente daquelas que utilizam de unidades hidráulicas, o LPG 3.000 mantém a produtividade do equipamento com menores custos, além da possibilidade de operação remota.

“Nos equipamentos tradicionais, o operado precisa paralisar a usina em torno de 10 a 15 dias por ano, para a limpeza  dos detritos que ficam presos nas grades. Já com o LPG 3.000, esta operação é desnecessária porque é feita de maneira automática”, explica  o engenheiro Tiago Squersatto, do núcleo de desenvolvimento da Icom.

“Em período de baixa vazão do rio, retiramos das grades, em média, 150 kg de entulhos por semana. Com vazão mais alta, retiramos até 400 kg de entulhos”, diz o engenheiro mecânico Raphael  Barcellos, coordenador de O&M da Vaccaro Construtora.  “Esse sistema da Icom é fundamental para um correto funcionamento e rendimento das turbinas, as quais tem seu rendimento prejudicado sem uma limpeza adequada das grades e ainda corre o risco de quebra de algum componente”.

Há exatos um ano e quatro meses no mercado, o LPG 3.000, segundo o diretor financeiro da empresa, Cláudio Piva,  deverá contribuir para um incremento de até cinco pontos percentuais em suas receitas somente nesse segmento que responde hoje por 12% do resultado consolidado.

Com atuação nos estados do MT, MS, PR, SC, RS, GO e MG, a Icom Hidromecânica já comercializou um total de 94 unidades de limpa grades em todo o país.

Ler 579 vezes


Fabricamos diversos equipamentos utilizados no processo de geração de energia.                                   Confira nossas obras cloncluídas CLICANDO AQUI.

© 2021 Icom Hidromecânica. Todos os Direitos Reservados. Design 3DW Design e Web.